Novo festival PAMBA reúne nomes da música contemporânea da Bahia durante três dias no Pelourinho – el Cabong

[ad_1]

Dando continuidade à retomada de festivais na capital baiana, acontece nesta semana o PAMBA – Panorama de Música da Bahia. Ao longo dos dias 02, 03 e 04 de junho, o evento ocupará o Centro Histórico de Salvador com uma programação gratuita composta por 20 shows, duas mesas redondas e duas palestras. Os shows acontecerão nos largos Quincas Berro D’Água e Tereza Batista, no Pelourinho, sempre das 20 horas até meia-noite. Já as atividades formativas acontecerão na sexta e no sábado, durante o dia, na Sala King da sede da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), também localizada no Pelourinho. Veja programação completa abaixo.

Veja também

Com o objetivo de difundir as cenas contemporâneas da música do estado, o festival reúne alguns dos principais nomes da produção atual baiana. Entre os destaques da programação está o retorno a Salvador de Giovani Cidreira, cantor e compositor responsável por uma das obras mais interessantes de sua geração. Giovani apresenta pela primeira vez na cidade o repertório de seu álbum Nebulosa Baby, lançado em 2021, em que dá continuidade às experimentações de trabalhos anteriores e une o universo da canção e da MPB a influências de rap, trap e música eletrônica.

Transitando por outros caminhos, mas também juntando a tradição da música brasileira a sonoridades eletrônicas, outra artista que marca o festival é a cantora, compositora e produtora musical Livia Nery, que lançou seu trabalho mais recente, Estranha Melodia, em 2019. Para esse show, Livia reedita seu encontro com a banda instrumental Bagum, com quem já se apresentou anteriormente no Festival Zona Mundi deste ano e na Sala do Coro, quando o rapper Vandal também se uniu ao grupo.

A programação ainda conta com a conquistense Ana Barroso, que apresenta o show de seu disco Cisco no Olho, lançado em 2021, com composições sensíveis calcadas no universo da canção brasileira e dos gêneros nordestinos de longa tradição, como coco e repente. Outra artista que lançou seu principal trabalho – o EP Azul – no ano passado e também se apresenta no festival é Melly. Considerada uma das revelações do último ano no cenário do estado, a cantora e compositora passeia por influências de R&B, soul, rap e música baiana. Fruto de outra geração mas ainda produzindo novidades com sua carreira solo, o músico Ronei Jorge, que está presente na cena rock e pop baiana desde os anos 1990, também aparece entre os destaques do festival, com músicas desde a época com a banda Ladrões de Bicicleta até o seu trabalho mais recente, Irmã.

Completam a programação outros nomes da capital como Pedro Pondé, Manuela Rodrigues, Andrea Martins, Toco Y Me Voy e Enio |X| Kafé. Outro destaque do evento são os nomes do interior do estado, com destaque para a cena de Feira de Santana, com Africania e Roça Sound, e de Vitória da Conquista, com o grupo Dona Iracema e  o rapper e cordelista Cangaço. Outros nomes presentes são a cantora e compositora Joana Terra (Barra da Estiva), o guitarrista Igor Gnomo (Paulo Afonso), o grupo Yayá Massemba (Palmeiras), o cantor e compositor Mateus Aleluia Filho (Cachoeira), além das artistas Laiô (Ilhéus) e Coral (Jequié). Os artistas selecionados, totalizando 10 nomes de Salvador / Região Metropolitana e 10 do interior da Bahia, participaram de edital e foram escolhidos pela curadoria especializada do festival, através de chamada pública. 

Programação formativa

Com foco na retomada do setor cultural após a melhora dos índices da pandemia de COVID-19, as atividades formativas do PAMBA reúnem profissionais com diversas atuações no meio musical para debater e dialogar sobre o campo. Na sexta-feira (03/06), às 14 horas, o músico e produtor cultural Vince de Mira apresenta a palestra Circulação Artística – Desafios e Soluções (Circuito Modular). Na sequência, das 17 às 18h30, as produtoras Carol Morena (Festival Radioca / Salvador), Maria Clara (Festival Jazz Trancoso / Trancoso) e Geraldo Júnior (Festival Opará / Juazeiro) participam de uma mesa redonda sobre festivais independentes, com mediação de Ricardo Rosa, coordenador de Música da Funceb.

No sábado, as atividades seguem com o workshop Pro Music Business, ministrado por Bono da Costa em dois encontros, o primeiro das 10 às 12h30 e o segundo das 14 às 16h30. Fechando a programação formativa desta edição do PAMBA, DJ Branco (Casa do Hip Hop Bahia / Salvador), Joilson Santos (Casa Noise / Feira de Santana) e Fabian Orrico (Casa Toca do Raul / Jequié) se encontram para uma mesa redonda sobre a retomada das casas de show e espaços culturais independentes, também com mediação de Ricardo Rosa.

As inscrições para as mesas redondas e palestras são gratuitas e podem ser realizadas através de formulário online disponível no site da Secult – BA. O PAMBA é uma realização da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – SECULT, através do Centro de Culturas Populares e Identitárias – CCPI e da Fundação Cultural do Estado da Bahia – FUNCEB

Programação completa do festival Panorama de Música da Bahia:

DIA 02/06 | QUINTA-FEIRA 

SHOWS (das 20 às 00h)

Local: Largo Quincas Berro D’Água
– Ana Barroso
– Andrea Martins
– Mateus Aleluia Filho

Local: Largo Tereza Batista
– Cangaço
– Igor Gnomo
– Enio |X| Kafé

DIA 03/06 | SEXTA-FEIRA

CONFERÊNCIA (das 14 às 18h30)
Local: Sala King – Fundação Cultural do Estado da Bahia

– Palestra Circulação Artística – Desafios e Soluções (Circuito Modular) com
Vince de Mira (das 14 às 16:30h)

– Mesa Redonda – Festivais Independentes (das 17 às 18:30h)
Carol Morena (Festival Radioca / Salvador)
Maria Clara (Festival Jazz Trancoso / Trancoso)
Geraldo Junior (Festival Opará / Juazeiro)
Mediação: Ricardo Rosa (Coordenador de Música Funceb)

SHOWS (das 20 às 00h)

Local: Largo Quincas Berro D’Água
– Yayá Massemba
– Manuela Rodrigues
– Giovani Cidreira

Local: Largo Tereza Batista
– Africania
– Joana Terra
– Toco Y Me Voy

DIA 04/06 | SÁBADO

CONFERÊNCIA (das 10 às 18:30h)

Local: Sala King – Fundação Cultural do Estado da Bahia
– Workshop PRO MUSIC BUSINESS 360 com Bono da Costa (das 10 às 12:30h
e das 14 às 16:30h)
– Mesa Redonda – A retomada das Casas de Shows e Espaços Culturais
Independentes (das 17 às 18:30h)
DJ Branco / Casa do Hip Hop Bahia (Salvador)
Joílson Santos / Casa Noise (Feira de Santana)
Fabian Orrico / Casa Toca do Raul (Jequié)
Mediação: Ricardo Rosa (Coordenador de Música Funceb)

SHOWS (das 20 às 00h)

Local: Largo Quincas Berro D’Água
– Laiô
– Dona Iracema
– Melly
– Pedro Pondé

Local: Largo Tereza Batista
– Coral
– Ronei Jorge
– Livia Nery
– Roça Sound

[ad_2]

Source link

Postar um Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Comece sua jornada musical AGORA